II Preceptorship discute o Câncer Renal no HMT

Profissionais de diferentes hospitais e cidades foram convidados para debater as formas de tratamento da doença.

As equipes dos serviços de Urologia e Oncologia do Hospital Madre Teresa realizaram, nos dias 03 e 04 de novembro, a segunda edição do Preceptorship Rim, evento que discute temas como terapias ablativas, biopsias, nefrectomia, terapias oncológicas e cirurgias laparoscópicas e robóticas como opções para o tratamento do câncer renal. O evento reuniu profissionais não só do HMT, mas também de outras instituições de Belo Horizonte e de cidades do interior do estado.

O objetivo do encontro é promover a troca de experiências e apresentar a expertise dos profissionais da Instituição nessa área. O Hospital Madre Teresa é reconhecido como referência na abordagem do câncer renal, especialmente nos procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos. O conhecimento técnico e prático da equipe do HMT chama a atenção de profissionais interessados no desenvolvimento de terapias que visam proporcionar o melhor prognóstico para pacientes com diagnóstico de câncer. 
 

Entre os palestrantes estavam o oncologista Dr. Luiz Flávio Coutinho e o coordenador do Serviço de Urologia Dr. Pedro Romanelli

Mais uma vez, o destaque do encontro está no avanço dos procedimentos minimamente invisíveis, como a videolaparoscopia e a cirurgia robótica.  Além de menos agressivas, estas técnicas proporcionam uma recuperação mais rápida para o paciente, implicando em menores riscos. Durante o evento, a equipe de urologia do HMT realizou uma cirurgia videolaparoscopica com transmissão ao vivo. 
Outro diferencial desta edição foi a participação da advogada Dra. Carla Carvalho, que acompanhou as discussões sobre biópsia renal e nefrectomias parcial e total, que avaliou e pontuou os temas do ponto de vista jurídico.  

REALIZAÇÃO

O Preceptorship Rim é uma realização do Serviço de Urologia em parceria com o Serviço de Oncologia do Hospital Madre Teresa, coordenados, respectivamente, pelo urologista Dr. Pedro Romanelli e pelo oncologista Dr. Alexandre Esteves. O evento valoriza a importância do trabalho multidisciplinar para o sucesso das terapias voltadas para o câncer renal, com foco especial no paciente, levando em consideração as evoluções nas técnicas cirúrgicas, os avanços em diagnósticos, oncoterapias e prognóstico.