Colaboradores do Hospital Madre Teresa participam de simulação para atendimento de emergência


Na manhã do dia 11 de janeiro, foi realizado no Hospital Madre Teresa (HMT), simulação dos planos de Abandono e Atendimento a Desastres. Os treinamentos são promovidos anualmente pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) e pelo Atendimento 24 horas.

 
De acordo com a supervisora do SESMT, Marianna Leite, o objetivo da ação é preparar os colaboradores e brigadistas do HMT para as situações de emergência, como incêndios, desabamentos e assistência de múltiplas vítimas em casos de desastre. “Foi desafiador realizar o simulado em dia de semana, tendo o Hospital funcionando com aproximadamente 100% de ocupação. Isso possibilitou estarmos mais próximos da nossa realidade”. Marianna acrescentou que o empenho, comprometimento e seriedade dos colaboradores envolvidos na ação foram determinantes para o sucesso da ação.

 
A simulação foi acompanhada por uma equipe da Luminis - empresa especializada em formação e reciclagem de brigadas de incêndio - que também realizou a maquiagem de vítimas em alguns colaboradores. Esta equipe prestou o treinamento, repassaram instruções e acompanharam os brigadistas do início ao fim do exercício de salvamento. Cerca de 80 colaboradores e médicos participaram da ação.




Colaboradores do Hospital Madre Teresa participam de simulação para atendimento de emergência


Na manhã do dia 11 de janeiro, foi realizado no Hospital Madre Teresa (HMT), simulação dos planos de Abandono e Atendimento a Desastres. Os treinamentos são promovidos anualmente pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) e pelo Atendimento 24 horas.

 
De acordo com a supervisora do SESMT, Marianna Leite, o objetivo da ação é preparar os colaboradores e brigadistas do HMT para as situações de emergência, como incêndios, desabamentos e assistência de múltiplas vítimas em casos de desastre. “Foi desafiador realizar o simulado em dia de semana, tendo o Hospital funcionando com aproximadamente 100% de ocupação. Isso possibilitou estarmos mais próximos da nossa realidade”. Marianna acrescentou que o empenho, comprometimento e seriedade dos colaboradores envolvidos na ação foram determinantes para o sucesso da ação.

 
A simulação foi acompanhada por uma equipe da Luminis - empresa especializada em formação e reciclagem de brigadas de incêndio - que também realizou a maquiagem de vítimas em alguns colaboradores. Esta equipe prestou o treinamento, repassaram instruções e acompanharam os brigadistas do início ao fim do exercício de salvamento. Cerca de 80 colaboradores e médicos participaram da ação.