Notícias
Barco Hospital Papa Francisco chega à região Amazônica
Três Irmãs Pequenas Missionárias, de São José dos Campos, fazem parte da tripulação que levará serviços de saúde às populações ribeirinhas

O Barco Hospital Papa Francisco chegou à região Amazônica no dia 6/7. Ele trouxe até Óbidos, no Pará, a imagem peregrina de Sant’Ana, padroeira da cidade, e a esperança de uma vida melhor para as populações ribeirinhas. O barco foi recebido com festa por uma multidão que o aguardava no cais. Dom Bernardo Johannes Bahlmann, bispo da Diocese de Óbidos, recepcionou a imagem de Sant´Ana e celebrou uma missa dando boas-vindas ao barco e à padroeira. A entrega simbólica da chave do navio aconteceu na cidade de Juriti. 
 
Multidão recebe o Barco Hospital Papa Francisco

A superiora da Congregação das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, Irmã Sandra Maciel Notolini; a Irmã Rosimeire Serra, que integra o Conselho Geral da Congregação, e a Irmã Lúcia Maria, participaram da jornada do barco de Santarém até Óbidos e das festividades. Também participaram do evento as Irmãs Maris Regina Morais Leite e Edy Faria, que integram o Conselho Geral da Congregação. Três Pequenas Missionárias fazem parte da tripulação do Barco Hospital. As Irmãs Lúcia Maria e Ana Cristina atuarão como enfermeiras e a Irmã Vanessa, na administração. 

Ambulancha Papa Francisco

Para a Irmã Sandra Maciel Notolini, a esperança é a âncora da alma. “Essa afirmação da Sagrada Escritura é profética! Aqui, na Amazônia, semeamos com a graça de Deus, sementes dessa esperança profética. Uma pessoa por vez, uma comunidade por vez, curando os males do corpo e da alma. Estamos todos entrelaçados nessa vida. Precisamos uns dos outros. Nós, Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, com alegria e em comunhão com os irmãos franciscanos, estamos enredadas nesse projeto e reafirmamos nosso compromisso com uma igreja missionária, solidária, em saída”. 

O Barco Hospital Papa Francisco

O Barco Hospital percorrerá as águas do rio Amazonas e levará atendimento básico de saúde e espiritual a cerca de 700 mil pessoas que vivem em comunidades ribeirinhas na região. Ele é uma inciativa da Fraternidade São Francisco de Assis na Providência Divina.  Os hospitais de Óbidos e Juruti, mantidos pelos franciscanos, serão referência para os casos de mais complexidade diagnosticados no percurso do barco. Ao se aproximar das comunidades, uma “ambulancha” irá à frente para iniciar as triagens e otimizar os atendimentos.
 
Na proa do Barco, Pequenas Missionárias e Freis Franciscanos em comunhão.

O Hospital Flutuante tem 32 metros de extensão e vai comportar consultórios médicos, odontológicos, centro cirúrgico, sala oftalmológica completa, laboratório de análises, sala de medicação, sala de vacinação e leitos de enfermaria, além de equipamentos para exames, como raio-X, ultrassom, eco, mamógrafo, esteira ergométrica e eletro. Além da atenção básica de saúde à população, as equipes atuarão na prevenção e diagnóstico precoce do câncer, com a realização de exames e triagem. Também serão realizadas em parceria com as universidades que enviarão equipes de médicos e residentes. 

Instituto das Pequenas Missionárias de Maria Imaculada -
Assessoria de Comunicação - Vanessa Fernandes (Mtb 23.615) - Contato: 12 99791-1233