Hospital Madre Teresa participa pela 1ª vez do Sarc Day


A ação avalia o risco de idosos hospitalizados desenvolverem a sarcopenia

No dia 3 de outubro, o Hospital Madre Teresa (HMT) participa do SarcDay – dia reservado dentro da semana do idoso para levantamento epidemiológico de prevalência de sarcopenia (perda de massa muscular) em pacientes hospitalizados desenvolverem a síndrome. O objetivo é realizar um estudo multicêntrico, observacional em 30 hospitais de diversas regiões do Brasil e um no exterior.

No HMT, participarão do SarcDay as equipes de Cardiologia, Fisioterapia e Nutrição, sob a coordenação e orientação da cardiologista, Dra. Cláudia Madeira e da coordenadora do serviço de Fisioterapia, Raquel Bosco.

De acordo com Raquel Bosco será realizado um questionário específico para cada paciente, acima de 60 anos hospitalizado no Hospital Madre Teresa que aceite participar da pesquisa. “No questionário analisamos a possibilidade ou suspeita do idoso hospitalizado nas últimas 72 horas desenvolverem a sarcopenia associada a medida de circunferência da panturrilha”, explica.


Sobre a doença

A sarcopenia é uma das principais síndromes geriátricas. É definida como a perda de massa muscular, associada à perda de força muscular e/ou perda de performance muscular, causando dificuldade nos idosos para realizar atividades gerais. Sua identificação se faz ainda mais necessária no âmbito hospitalar: pacientes com risco de sarcopenia no momento de internação exigem cuidados especiais para que a imobilização e a baixa ingestão proteica, não piorem um quadro patológico pré-existente.

De acordo com a Dra. Cláudia Madeira, é importante conscientizar as equipes do Hospital sobre a importância do problema, pois quanto mais cedo for detectada a sarcopenia e quanto antes for feita uma intervenção adequada, o paciente terá melhor qualidade de vida.




Hospital Madre Teresa participa pela 1ª vez do Sarc Day


A ação avalia o risco de idosos hospitalizados desenvolverem a sarcopenia

No dia 3 de outubro, o Hospital Madre Teresa (HMT) participa do SarcDay – dia reservado dentro da semana do idoso para levantamento epidemiológico de prevalência de sarcopenia (perda de massa muscular) em pacientes hospitalizados desenvolverem a síndrome. O objetivo é realizar um estudo multicêntrico, observacional em 30 hospitais de diversas regiões do Brasil e um no exterior.

No HMT, participarão do SarcDay as equipes de Cardiologia, Fisioterapia e Nutrição, sob a coordenação e orientação da cardiologista, Dra. Cláudia Madeira e da coordenadora do serviço de Fisioterapia, Raquel Bosco.

De acordo com Raquel Bosco será realizado um questionário específico para cada paciente, acima de 60 anos hospitalizado no Hospital Madre Teresa que aceite participar da pesquisa. “No questionário analisamos a possibilidade ou suspeita do idoso hospitalizado nas últimas 72 horas desenvolverem a sarcopenia associada a medida de circunferência da panturrilha”, explica.


Sobre a doença

A sarcopenia é uma das principais síndromes geriátricas. É definida como a perda de massa muscular, associada à perda de força muscular e/ou perda de performance muscular, causando dificuldade nos idosos para realizar atividades gerais. Sua identificação se faz ainda mais necessária no âmbito hospitalar: pacientes com risco de sarcopenia no momento de internação exigem cuidados especiais para que a imobilização e a baixa ingestão proteica, não piorem um quadro patológico pré-existente.

De acordo com a Dra. Cláudia Madeira, é importante conscientizar as equipes do Hospital sobre a importância do problema, pois quanto mais cedo for detectada a sarcopenia e quanto antes for feita uma intervenção adequada, o paciente terá melhor qualidade de vida.