Residente da Cirurgia Vascular do HMT faz estágio em um dos maiores hospitais da Inglaterra

Publicado em: 09/1/2020

O Hospital St. Mary’s é conhecido por ter sido o local onde foi descoberta a Penicilina.

A residente de Cirurgia Vascular do Hospital Madre Teresa, Dra. Bruna Naves, teve a oportunidade de vivenciar durante três semanas, o dia-a-dia profissional em um dos mais famosos hospitais de Londres. Fundado em 1845, o hospital St. Mary’s é conhecido mundialmente por ter sido o local onde foi descoberta a Penicilina, por Alexander Fleming, em 1928. Em homenagem a vida e ao trabalho de Fleming, existe no hospital um museu em que foi incorporado o seu antigo laboratório.

O St. Mary’s também é famoso por ter sido o local de nascimento de diversos membros da família real da Inglaterra, por exemplo do Príncipe William. Atualmente o hospital é administrado pela Imperial College of London, que está entre as 10 maiores universidades do mundo.


 
Dra. Bruna ressalta que a experiência foi extremamente enriquecedora e teve como ponto alto conhecer e vivenciar o funcionamento do NHS, sistema de saúde pública da Inglaterra - o maior e mais antigo sistema de saúde pública do mundo e referência de qualidade na assistência.

A médica também acompanhou o trabalho do cirurgião vascular, Dr. Alun Davies, atual diretor Clínico do Imperial College Healthcare, professor de Cirurgia Vascular e editor chefe de uma das mais importantes publicações científicas da especialidade: a Phlebology. “Sinto-me honrada por ter conhecido o Dr. Alun e mais ainda por ter participado de cirurgias com ele”, conta.




Residente da Cirurgia Vascular do HMT faz estágio em um dos maiores hospitais da Inglaterra

Publicado em: 09/1/2020

O Hospital St. Mary’s é conhecido por ter sido o local onde foi descoberta a Penicilina.

A residente de Cirurgia Vascular do Hospital Madre Teresa, Dra. Bruna Naves, teve a oportunidade de vivenciar durante três semanas, o dia-a-dia profissional em um dos mais famosos hospitais de Londres. Fundado em 1845, o hospital St. Mary’s é conhecido mundialmente por ter sido o local onde foi descoberta a Penicilina, por Alexander Fleming, em 1928. Em homenagem a vida e ao trabalho de Fleming, existe no hospital um museu em que foi incorporado o seu antigo laboratório.

O St. Mary’s também é famoso por ter sido o local de nascimento de diversos membros da família real da Inglaterra, por exemplo do Príncipe William. Atualmente o hospital é administrado pela Imperial College of London, que está entre as 10 maiores universidades do mundo.


 
Dra. Bruna ressalta que a experiência foi extremamente enriquecedora e teve como ponto alto conhecer e vivenciar o funcionamento do NHS, sistema de saúde pública da Inglaterra - o maior e mais antigo sistema de saúde pública do mundo e referência de qualidade na assistência.

A médica também acompanhou o trabalho do cirurgião vascular, Dr. Alun Davies, atual diretor Clínico do Imperial College Healthcare, professor de Cirurgia Vascular e editor chefe de uma das mais importantes publicações científicas da especialidade: a Phlebology. “Sinto-me honrada por ter conhecido o Dr. Alun e mais ainda por ter participado de cirurgias com ele”, conta.