SERVIÇO DE CIRURGIA TORÁCICA E ENDOSCÓPICA RESPIRATÓRIA DO HOSPITAL MADRE TERESA INOVA EM TÉCNICAS CIRÚRGICAS

Publicado em: 25/3/2021

Desde 1992 a equipe de Cirurgia Torácica e Endoscópica Respiratória do Hospital Madre Teresa (HMT) é referência em atuação e realização de procedimentos complexos e inovadores. O know-how da equipe está associado ao maior serviço de Pneumologia privada do estado, atrelado a Radiologia dedicada ao tórax, onde é possível realizar o rastreamento do câncer de pulmão.

Sempre a frente, a instituição também é a única a realizar em toda Minas Gerais, a Criobiópsia – procedimento que permite a obtenção de tecido pulmonar para o diagnóstico e tratamento de doenças broncopulmonares, incluindo câncer de pulmão, a partir do uso de alta tecnologia aliada a baixas temperaturas.

A equipe, formada por renomados especialistas em Cirurgia Torácica, realiza ainda procedimentos como: Simpatectomia, Lobectomia, Segmentectomia, Broncoscopia, Mediastinoscopia, Colocação de válvulas endobrônquicas, dentre outros. Além disso, o time do HMT atua na proposta para a linha de cuidados ao paciente. Neste cenário, o paciente é 100% assistido e acompanhado, com agilidade, desde o início da suspeita diagnóstica até o tratamento definitivo da doença. 


Da esquerda para a direita: Dra. Carla Maria Silva e Alves, Dr. Frederico Lins e Silva, Dr. Nilson Figueiredo Amaral, Dr. Leonardo Brand Rodrigues, Dr. Eduardo Ferreira Calsavara e Dr. André de Val Barreto.

Novas aquisições 
Neste ano, o Hospital Madre Teresa adquiriu a Vídeo - Assisted Mediastinoscopy Lymphadenectomy - Vamla, que permite realizar, por vídeo, o procedimento de Mediastinoscopia. O equipamento possui a captação de imagens em alta resolução, além de permitir a exploração de uma área mais ampla para ação. Ou seja, ele promove a ressecção completa e com qualidade, de uma quantidade maior de linfonodos a serem retirados durante o procedimento e enviados ao patologista. 

“A aquisição da Vamla facilitou a execução dos procedimentos que já eram realizados pela equipe, e que agora podem ser realizados com técnicas mais apuradas e ainda mais seguras”, explica o coordenador da Cirurgia Torácica e Endoscópica Respiratória do HMT, Dr. Nilson Amaral. 

Conheça mais sobre a Vamla:

1. O que é Vamla?

R. A Vídeo Assisted Mediastinoscopy Lymphadenectomy - Vamla, é um avanço técnico e tecnológico da Mediastinoscopia que oferece vantagens como: vídeo-imagens da cirurgia, maior campo operatório e possibilidades de utilização de instrumental cirúrgico com duas mãos. O uso do equipamento, favorece a obtenção de material biológico em maior quantidade e com melhor qualidade, além de promover mais segurança no procedimento.

2. Para que serve a Vamla e a Mediastinoscopia?

R. Ambas são técnicas cirúrgicas minimamente invasivas utilizadas como biópsias para o diagnóstico de doenças mediastinais como, por exemplo: linfomas, sarcoidose, algumas massas mediastinais, dentre outras.

3. Em caso de câncer de pulmão para que servem a Mediastinoscopia e a Vamla?

R. As duas são procedimentos (padrão-ouro) no tratamento e, em algumas vezes, também no diagnóstico da doença. As medidas podem evitar cirurgias desnecessárias ou inadequadas na condição do câncer de pulmão.

4. Como é feita a Vamla?

R. É uma cirurgia minimamente invasiva, que acontece sob anestesia geral. Geralmente, requer internação de 1 dia e apresenta baixos índices de mortalidade. Durante o procedimento é realizada uma pequena incisão de 2 cm na pele, na região da fúrcula esternal, para introdução do equipamento e daí, prosseguem-se os procedimentos necessários a cada caso.

5. O HMT dispõe desse equipamento da Vamla?

R. Sim. Há muitos anos o HMT utiliza a Mediastinoscopia regularmente e agora com a aquisição do equipamento para a Vamla, avança nas linhas de cuidados do câncer de pulmão e das doenças mediastinais. A nova aquisição, acrescenta mais um instrumental de ponta, ao conjunto já existente, de vídeo-broncoscópios completos e criobiópsias do serviço de Cirurgia Torácica e Endoscopia Respiratória.


Legenda: Aparelho utilizado nos principais centros de Cirurgia Torácica do mundo.




SERVIÇO DE CIRURGIA TORÁCICA E ENDOSCÓPICA RESPIRATÓRIA DO HOSPITAL MADRE TERESA INOVA EM TÉCNICAS CIRÚRGICAS

Publicado em: 25/3/2021

Desde 1992 a equipe de Cirurgia Torácica e Endoscópica Respiratória do Hospital Madre Teresa (HMT) é referência em atuação e realização de procedimentos complexos e inovadores. O know-how da equipe está associado ao maior serviço de Pneumologia privada do estado, atrelado a Radiologia dedicada ao tórax, onde é possível realizar o rastreamento do câncer de pulmão.

Sempre a frente, a instituição também é a única a realizar em toda Minas Gerais, a Criobiópsia – procedimento que permite a obtenção de tecido pulmonar para o diagnóstico e tratamento de doenças broncopulmonares, incluindo câncer de pulmão, a partir do uso de alta tecnologia aliada a baixas temperaturas.

A equipe, formada por renomados especialistas em Cirurgia Torácica, realiza ainda procedimentos como: Simpatectomia, Lobectomia, Segmentectomia, Broncoscopia, Mediastinoscopia, Colocação de válvulas endobrônquicas, dentre outros. Além disso, o time do HMT atua na proposta para a linha de cuidados ao paciente. Neste cenário, o paciente é 100% assistido e acompanhado, com agilidade, desde o início da suspeita diagnóstica até o tratamento definitivo da doença. 


Da esquerda para a direita: Dra. Carla Maria Silva e Alves, Dr. Frederico Lins e Silva, Dr. Nilson Figueiredo Amaral, Dr. Leonardo Brand Rodrigues, Dr. Eduardo Ferreira Calsavara e Dr. André de Val Barreto.

Novas aquisições 
Neste ano, o Hospital Madre Teresa adquiriu a Vídeo - Assisted Mediastinoscopy Lymphadenectomy - Vamla, que permite realizar, por vídeo, o procedimento de Mediastinoscopia. O equipamento possui a captação de imagens em alta resolução, além de permitir a exploração de uma área mais ampla para ação. Ou seja, ele promove a ressecção completa e com qualidade, de uma quantidade maior de linfonodos a serem retirados durante o procedimento e enviados ao patologista. 

“A aquisição da Vamla facilitou a execução dos procedimentos que já eram realizados pela equipe, e que agora podem ser realizados com técnicas mais apuradas e ainda mais seguras”, explica o coordenador da Cirurgia Torácica e Endoscópica Respiratória do HMT, Dr. Nilson Amaral. 

Conheça mais sobre a Vamla:

1. O que é Vamla?

R. A Vídeo Assisted Mediastinoscopy Lymphadenectomy - Vamla, é um avanço técnico e tecnológico da Mediastinoscopia que oferece vantagens como: vídeo-imagens da cirurgia, maior campo operatório e possibilidades de utilização de instrumental cirúrgico com duas mãos. O uso do equipamento, favorece a obtenção de material biológico em maior quantidade e com melhor qualidade, além de promover mais segurança no procedimento.

2. Para que serve a Vamla e a Mediastinoscopia?

R. Ambas são técnicas cirúrgicas minimamente invasivas utilizadas como biópsias para o diagnóstico de doenças mediastinais como, por exemplo: linfomas, sarcoidose, algumas massas mediastinais, dentre outras.

3. Em caso de câncer de pulmão para que servem a Mediastinoscopia e a Vamla?

R. As duas são procedimentos (padrão-ouro) no tratamento e, em algumas vezes, também no diagnóstico da doença. As medidas podem evitar cirurgias desnecessárias ou inadequadas na condição do câncer de pulmão.

4. Como é feita a Vamla?

R. É uma cirurgia minimamente invasiva, que acontece sob anestesia geral. Geralmente, requer internação de 1 dia e apresenta baixos índices de mortalidade. Durante o procedimento é realizada uma pequena incisão de 2 cm na pele, na região da fúrcula esternal, para introdução do equipamento e daí, prosseguem-se os procedimentos necessários a cada caso.

5. O HMT dispõe desse equipamento da Vamla?

R. Sim. Há muitos anos o HMT utiliza a Mediastinoscopia regularmente e agora com a aquisição do equipamento para a Vamla, avança nas linhas de cuidados do câncer de pulmão e das doenças mediastinais. A nova aquisição, acrescenta mais um instrumental de ponta, ao conjunto já existente, de vídeo-broncoscópios completos e criobiópsias do serviço de Cirurgia Torácica e Endoscopia Respiratória.


Legenda: Aparelho utilizado nos principais centros de Cirurgia Torácica do mundo.