CONHEÇA O GRUPO DA CIRURGIA DE MÃO DO HOSPITAL MADRE TERESA

Publicado em: 25/6/2021


O serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Madre Teresa (HMT) é reconhecido pela sua atuação impecável. Por isso, hoje é considerado o maior centro de ortopedia de Minas Gerais, com relevante expressão nas diversas subespecialidades da área.
 
Dentre elas, podemos citar o grupo de cirurgia da mão que, apesar de ser conhecida como uma subespecialidade da ortopedia, a cirurgia de mão é uma especialidade médica, isso porque requer uma preparação multidisciplinar com conhecimentos e formação em neurocirurgia, cirurgia plástica e vascular, ortopedia e microcirurgia por todos os membros do grupo, uma vez que esses especialistas serão responsáveis por tratar as lesões da mão e de todas as outras que de alguma forma afetem sua função, desde o plexo braquial no pescoço, passando pelo cotovelo e antebraço, punho e mão.
 
A equipe formada por quatro cirurgiões de mão, iniciou sua atuação enquanto grupo há mais de 30 anos, logo quando o Hospital Madre Teresa se transformou em hospital geral. Hoje, a equipe que é coordenada pelo Dr. Paulo Randal Pires é referência em diversos procedimentos e patologias das mãos.

Cirurgia da Mão

A cirurgia da mão engloba o plexo braquial (raizes nervosas que emergem da coluna cervical) e todos os nervos do membro superior, além das demais estruturas como ossos, articulações, ligamentos, tendões, músculos, pele e vasos sanguíneos do cotovelo, antebraço, punho e mão. O grupo é referência na realização de reimplantes e revascularizações de membros superiores amputados. “O reimplante de mão e de membro superior é uma cirurgia mais complexa por ser advinda de lesão traumática e que requer um tratamento de urgência, além de exigir da equipe uma preparação maior. “Em Belo Horizonte não possuímos centros específicos para esse tipo de cirurgia. O HMT é uma das poucas instituições a realizar esse procedimento”, comenta o coordenador.

Já os procedimentos que envolvem as lesões do plexo braquial, o grupo de cirurgia da mão do Hospital Madre Teresa é pioneiro na realização de algumas neurotizações (retirada de um nervo de um local funcionante para colocar em um local não funcionante) e enxertos de nervos do membro superior acometido. O grupo realiza também procedimentos de artroscopias e cirurgias endoscópicas de punho e retalhos microcirúrgicos do membro superior.
“Buscamos sempre atuar de maneira multidisciplinar com as demais clínicas. Trabalhamos em parceria com a Clínica da Dor, atuamos em conjunto nos casos que chegam até a Cirurgia Geral, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia Torácica, Neurocirurgia e contamos ainda com o grande apoio da equipe da Fisioterapia”, diz.
 
Atendimento

O Grupo da Cirurgia da Mão dispõe diariamente de cirurgião para atendimento de urgências relacionadas à especialidade.

Da esquerda para a direita: Dr. Paulo Randal Pires Júnior, Dr. Paulo Randal Pires, Dr. José Alexandre Reale Pereira e Dr. Filipe Borges Real Cardoso.




CONHEÇA O GRUPO DA CIRURGIA DE MÃO DO HOSPITAL MADRE TERESA

Publicado em: 25/6/2021


O serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Madre Teresa (HMT) é reconhecido pela sua atuação impecável. Por isso, hoje é considerado o maior centro de ortopedia de Minas Gerais, com relevante expressão nas diversas subespecialidades da área.
 
Dentre elas, podemos citar o grupo de cirurgia da mão que, apesar de ser conhecida como uma subespecialidade da ortopedia, a cirurgia de mão é uma especialidade médica, isso porque requer uma preparação multidisciplinar com conhecimentos e formação em neurocirurgia, cirurgia plástica e vascular, ortopedia e microcirurgia por todos os membros do grupo, uma vez que esses especialistas serão responsáveis por tratar as lesões da mão e de todas as outras que de alguma forma afetem sua função, desde o plexo braquial no pescoço, passando pelo cotovelo e antebraço, punho e mão.
 
A equipe formada por quatro cirurgiões de mão, iniciou sua atuação enquanto grupo há mais de 30 anos, logo quando o Hospital Madre Teresa se transformou em hospital geral. Hoje, a equipe que é coordenada pelo Dr. Paulo Randal Pires é referência em diversos procedimentos e patologias das mãos.

Cirurgia da Mão

A cirurgia da mão engloba o plexo braquial (raizes nervosas que emergem da coluna cervical) e todos os nervos do membro superior, além das demais estruturas como ossos, articulações, ligamentos, tendões, músculos, pele e vasos sanguíneos do cotovelo, antebraço, punho e mão. O grupo é referência na realização de reimplantes e revascularizações de membros superiores amputados. “O reimplante de mão e de membro superior é uma cirurgia mais complexa por ser advinda de lesão traumática e que requer um tratamento de urgência, além de exigir da equipe uma preparação maior. “Em Belo Horizonte não possuímos centros específicos para esse tipo de cirurgia. O HMT é uma das poucas instituições a realizar esse procedimento”, comenta o coordenador.

Já os procedimentos que envolvem as lesões do plexo braquial, o grupo de cirurgia da mão do Hospital Madre Teresa é pioneiro na realização de algumas neurotizações (retirada de um nervo de um local funcionante para colocar em um local não funcionante) e enxertos de nervos do membro superior acometido. O grupo realiza também procedimentos de artroscopias e cirurgias endoscópicas de punho e retalhos microcirúrgicos do membro superior.
“Buscamos sempre atuar de maneira multidisciplinar com as demais clínicas. Trabalhamos em parceria com a Clínica da Dor, atuamos em conjunto nos casos que chegam até a Cirurgia Geral, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia Torácica, Neurocirurgia e contamos ainda com o grande apoio da equipe da Fisioterapia”, diz.
 
Atendimento

O Grupo da Cirurgia da Mão dispõe diariamente de cirurgião para atendimento de urgências relacionadas à especialidade.

Da esquerda para a direita: Dr. Paulo Randal Pires Júnior, Dr. Paulo Randal Pires, Dr. José Alexandre Reale Pereira e Dr. Filipe Borges Real Cardoso.