MÉDICOS DO HMT SÃO HOMENAGEADOS PELA UFMG

Os médicos do Hospital Madre Teresa (HMT), Dr. Luiz Fernando Soares (Ortopedista), a Dra. Luciana Macedo (Pneumologista) e o Dr. Ricardo Delfino (Neurocirurgião) foram homenageados, em agosto, pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

A Faculdade de Medicina da Universidade tem como tradição homenagear com o “Jubileu de Prata” os médicos que possuem 25 anos de formação. A cerimônia conta com a presença do diretor, professores e os médicos homenageados.

Os médicos que receberam o Jubileu de Prata fazem parte do quadro clinico do Hospital Madre Teresa e atuam cotidianamente com excelência. O HMT deixa registrado o seu reconhecimento e reforça as congratulações.

MÉDICOS DO HMT SÃO HOMENAGEADOS PELA UFMG

SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR DO HMT PARTICIPA DE CONGRESSO

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), participou nos dias 12 e 13 de agosto do III Congresso Mineiro de Epidemiologia, Prevenção e Controle de Infecções e do 6º Congresso Mineiro de Infectologia.

O Congresso foi presidido pelo Dr. Estevão Urbano, médico Infectologista do Hospital Madre Teresa e da Sociedade Mineira de Infectologia, tendo participado ativamente de diversas discussões como:

  • Síndrome Pós Covid-19;
  • Check-rotina na avaliação da adesão a medidas de prevenção de infecção: análise automática e feedback individualizado;
  • Panorama e Perspectivas das Ações de Prevenção das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde no Brasil – Debate e Enfrentamento da Pandemia COVID-19 – Desafios e Legados: Debate.

A Gerente Médica do HMT, Dra. Flávia Bosco, também abordou sobre o importante tema:

  • Atuação Conjunta do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, Núcleo de Segurança do Paciente e Núcleo de Epidemiologia e Desfechos Clínicos no Gerenciamento dos Riscos Assistenciais.

A infectologista do HMT, Dra. Virgínia Antunes de Andrade Zambelli, apresentou sobre os temas:

  • Sepse Associada a Cateter Vascular
  • Atualizações no Tratamento de Bactérias Gram-Negativas Multirresistentes

Robótica

A Supervisora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Roberta Matoso também participou juntamente com a enfermeira do serviço, Amanda Maia. As profissionais trataram do importante tema: “Cirurgia Robótica: Novos Processos de Vigilância e Prevenção de Infecções”. A palestra ficou a cargo da supervisora Roberta Matoso, enquanto a enfermeira, Amanda Maia garantiu a moderação da discussão.

Cirurgia Robótica

A cirurgia robótica é uma grande conquista para os procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos, pois são utilizadas técnicas mais assertivas e que apresentam menos danos ou lesões à integridade física do indivíduo.

No entanto, diante dos impactos que possam ocorrer e considerando a sua evitabilidade, as medidas de prevenção de infecções de sítio cirúrgico é um tema de alta relevância e necessita, ser discutido cotidianamente com toda a equipe multiprofissional.

Tópicos abordados na palestra:

  • Principais procedimentos cirúrgicos realizados por técnica robótica;
  • Fatores de risco para a ocorrência de infecção de sítio cirúrgico;
  • Classificação do potencial de contaminação do sítio cirúrgico;
  • Medidas Preventivas – Cuidados com Ambiente e Estrutura;
  • Medidas Preventivas – Pré-operatório;
  • Medidas Preventivas – Intra-operatório;
  • Medidas Preventivas – Pós-operatório;
  • Período de vigilância.

SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR DO HMT PARTICIPA DE CONGRESSO

HOSPITAL MADRE TERESA PROMOVE TORNEIO DE TÊNIS PARA O CORPO CLÍNICO

Em um final de semana incrível, médicos de diversas especialidades do Hospital Madre Teresa (HMT) se reuniram para disputar nos dias 26, 27 e 28 de agosto o “Torneio de Tênis do HMT – Edição de 2022”. Os jogos aconteceram nas quadras da Casalechi Tennis, no bairro São Bento. Foi um momento de descontração e muitos games. E que games!

O evento foi organizado pela Diretoria do Hospital Madre Teresa e contou com o apoio da Consultora do Relacionamento Médico, Jacqueline Abrantes, do Coordenador do setor de Comunicação e Marketing, Guilherme Domingos da Casalechi Tennis e da comissão médica formada pelos  médicos: Dr. Nilson Amaral  (Coordenador da Cirurgia Torácica), Dr. Francisco Tadeu da Mota Albuquerque (Coordenador da Anestesiologia), Dr. Luiz Cláudio Moreira Lima (Diretor Técnico) e Dr. Carlos César Vassalo (ortopedista).

Segundo Jacqueline Abrantes, o objetivo do evento foi favorecer um momento para a confraternização dos profissionais médicos e suas famílias, concomitante ao estímulo à adoção de uma prática saudável que associa a marca, Hospital Madre Teresa, a aspectos como liderança e o diferencial do trabalho em equipe na superação e conquistas.

Assim, o torneio foi uma grande oportunidade de conhecer novos colegas, e reencontrar antigos amigos e interação entre as famílias desses profissionais. Os serviços de Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia Cardiovascular, Cirurgia Geral, Cirurgia Torácica, Clínica da Dor, Ecocardiografia, Eletrofisiologia, Geriatria, Neurocirurgia, Ortopedia e Urologia foram algumas das especialidades presentes e que disputaram no torneio.

A novidade dessa edição foi a inclusão da disputa na modalidade feminina que contou com a participação de médicas do hospital, suas irmãs e cônjuges dos médicos.

No total participaram 24 tenistas na modalidade masculina e 6 tenistas na modalidade feminina. O formato da disputa foi de duplas equilibradas por sorteio.  A grande final aconteceu no domingo, dia 28/08/22 com as vitórias na chave feminina de Renata Nicoliello M. Albuquerque e Giselle Giffoni. As vices campeãs foram Dra. Paula Alves S. A. Gabriel e Carolina Píramo Mourão

Já na chave masculina os campeões foram Dr. Daniel Soares Souza e Dr. Guilherme Gontijo Soares e os vice-campeões Dr. Alexandre Andrade Leite e Dr. Rodrigo Capuano de R. Carneiro. A final masculina teve um toque inusitado. Dr. Alexandre Leite que compôs a dupla campeã de 2021 e Dr. Daniel Souza que ficou como vice-campeão naquele ano, se encontraram novamente na quadra. Foi emocionante!!

“Foi um final de semana festivo, a vitória após grandes jogos nos trouxe muita alegria. Grande satisfação por esse encontro com colegas e seus familiares, fora do ambiente de trabalho. É gratificante ver o quanto o Hospital Madre Teresa está representado por nobres pessoas”, comenta o Dr. Guilherme Gontijo.

Já para o Dr. Daniel Sousa, o momento foi também de gratidão. “Gostaria de agradecer ao Hospital Madre Teresa pela organização impecável do evento e por ter proporcionado aos médicos do hospital, além de um momento de competição, também um momento de socialização entre os médicos. A vitória foi suada, com adversários muito qualificados. Estamos muito felizes! ”, finaliza o médico.

A entrega dos troféus foi realizada pelo Diretor Administrativo, Marcos Vete, pela Diretora Geral, Ir. Neusa Palhão e pela Vice-Diretora Ir. Eliane Madureira.  O vencedor da edição de 2021, Dr. Nilson Amaral fez um discurso de agradecimento ao Hospital Madre Teresa, a Casalechi Tennis e todos àqueles que, de alguma forma, se empenharam para que o torneio fosse um sucesso. Além disso, o médico também prestou diversas homenagens: as Irmãs Pequenas Missionárias de Maria Imaculada, ao diretor administrativo do HMT, aos profissionais Jacqueline Abrantes e aos médicos, Dr. Francisco Albuquerque e ao Dr. Luiz Cláudio Lima.

“Desta vez eu destacaria os jogos das duplas femininas, a imagem da nossa Diretora Geral, Ir. Neusa, vestindo a nossa linda camisa do torneio (ficou muito elegante!) e a final eletrizante do torneio, sobretudo, entre os dois finalistas do ano passado, Dr. Alexandre e Dr. Daniel. Neste ano, o prêmio foi para o Dr. Daniel e Dr. Guilherme. Parabéns aos vencedores! Meus aplausos a todos! ”, finaliza o Dr. Nilson Amaral.

O Torneio foi encerrado com um almoço especial, celebrando o encontro dos médicos e suas famílias.

HOSPITAL MADRE TERESA PROMOVE TORNEIO DE TÊNIS PARA O CORPO CLÍNICO
HOSPITAL MADRE TERESA PROMOVE TORNEIO DE TÊNIS PARA O CORPO CLÍNICO

NEUROCIRURGIÃO DO HOSPITAL MADRE TERESA, DR. GUSTAVO ANDRADE, PALESTRA EM CONGRESSO DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA DE MINAS GERAIS

O médico foi o único neurocirurgião convidado para o congresso

O neurocirurgião do Hospital Madre Teresa (HMT), Dr. Gustavo Cardoso de Andrade, palestrou entre os dias 25 e 27 de agosto no XI Congresso de Geriatria e Gerontologia de Minas Gerais – GerMinas que, neste ano, teve como tema central: “Inovação e Tradição”.

No evento o médico abordou sobre a técnica: vertebroplastia, indicada para o tratamento da fratura na coluna vertebral advinda de osteoporose.

A vertebroplastia é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo estabilizar as fraturas na coluna vertebral. Durante o procedimento, o cimento ósseo é injetado no interior das vértebras que estão fraturadas em função da osteoporose.

De acordo com o médico, o procedimento é seguro e apresenta ganhos exponenciais na qualidade de vida do paciente. “A técnica é minimamente invasiva e o paciente fica menos de 24 horas no hospital, já sem dor”, explica.

Equipe

A equipe coordenada pelo Dr. Roberto Leal é referência nacional no tratamento de enfermidades tumorais e vasculares do sistema nervoso central e se destaca pela expertise e excelentes resultados obtidos.

Em 2020, o Departamento de Neurocirurgia ganhou três novas salas cirúrgicas com microscópios modernos, incluindo o Sistema de Visualização Robótica para as cirurgias neurológicas de crânio e de coluna, o KINEVO 900.  Todo o investimento, reafirma a visão do HMT em destacar-se pela excelência e pioneirismo na saúde.

ODONTOLOGIA HOSPITALAR DO HMT REALIZA I CURSO DE INTRODUÇÃO À ODONTOLOGIA HOSPITALAR

O Hospital Madre Teresa e a Alegra – Odontologia Hospitalar, com o apoio da Liga Acadêmica de Odontologia Hospitalar da Faculdade de Odontologia da UFMG – LAOHOSP, promoveram nessa última quinta-feira, dia 25/08/22, o I Curso de Introdução à Odontologia Hospitalar.

O curso que contou com a presença de 26 acadêmicos, foi ministrado no auditório do CDEP pelo Coordenador de Odontologia Hospitalar do Madre Teresa, Dr. Antônio Carlos Ramos, pela Dra. Gabrielle Aguiar e pela Dra. Paula Schweizer.

“É muito gratificante abordar as práticas da odontologia hospitalar a tantos acadêmicos. Sem dúvidas, é imprescindível disseminar a abrangência e importância da odontologia hospitalar para manutenção da saúde do paciente”, explica o coordenador, Dr. Antônio Carlos Ramos.

COORDENADOR DO SERVIÇO DE ANGIOLOGIA E CIRURGIA VASCULAR DO HOSPITAL MADRE TERESA, DR. BRUNO DE LIMA NAVES, RECEBE IMPORTANTE HONRARIA

O coordenador do serviço de Angiologia e Cirurgia Vascular do Hospital Madre Teresa (HMT), Dr. Bruno de Lima Naves foi contemplado, em agosto, com a medalha de “Ordem do Mérito Angiológico – René Fontaine”. Trata-se da maior honraria que a sociedade concede ao associado por serviços prestados O reconhecimento se faz no mais alto galardão da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular – SBACV. Em 2013, o médico recebeu o grau de oficial pela sociedade.

Neste ano, o Dr. Bruno de Lima Naves foi reconhecido com o Grau “Grão Mestre”, título concedido àqueles que tenham contribuído com relevância para a sociedade, entidades científicas ou de outro caráter que tenha trazido benefícios para a Angiologia e Cirurgia Vascular em âmbito internacional.

Atuação

Nos anos de 2020/2021, marcados pela pandemia, o Dr. Bruno Naves ocupou a presidência da sociedade e desenvolveu a campanha denominada “Mês Azul e Vermelho” de conscientização dos principais problemas vasculares.

“Nossa ideia foi criar uma campanha que motivasse as pessoas a cuidarem melhor de si mesmas, melhorar a imunidade, autoestima, a saúde vascular, prevenir complicações decorrentes das doenças vasculares como amputações pelo pé diabético, acidente vascular cerebral, embolia pulmonar, aneurismas rotos, amputações por falta de circulação, enfim, atuar na conscientização, prevenção, saúde, bem-estar da população. “, explica.

Ainda segundo ele, o cenário foi favorável. “Mesmo diante de uma pandemia tivemos um resultado surpreendente de adesão nas mídias sociais. As interações com a campanha e abrangência nacional foram altíssimas! ”,finaliza.

HOSPITAL MADRE TERESA CONQUISTA A MARCA DE 200 CIRURGIAS COM O 1º ROBÔ ORTOPÉDICO MAKO DO BRASIL

O HMT é a primeira instituição do país a oferecer essa tecnologia.

O Hospital Madre Teresa (HMT) conquistou a marca de 200 cirurgias realizadas com o auxílio do primeiro robô ortopédico Mako do Brasil, sendo um marco na história da Ortopedia Brasileira.

Histórico

O HMT foi a primeira instituição do país a adquirir a tecnologia e realizou a primeira cirurgia em setembro de 2021. Nestes cinco meses, os pacientes do Hospital Madre Teresa vivenciaram e experimentam o que há de mais moderno nas artroplastias de joelho e quadril. Com o Mako cada procedimento é único. Isso porque o robô combina importantes componentes e dispõe de grandes diferenciais, possibilitando desenvolver um plano personalizado com base na anatomia própria de cada paciente antes de iniciar a cirurgia.

BENEFÍCIOS DA CIRURGIA

Os benefícios da cirurgia robótica são inúmeros, dentre eles: menos dor, baixo consumo de analgésicos, menor necessidade de fisioterapia hospitalar, menos corte, redução do tempo de internação e rápido retorno a vida cotidiana.

Para o ortopedista do Hospital Madre Teresa, Dr. Lúcio Honório, chegar a marca de 100 pacientes operados com sucesso significa muito: “mais que números, são vidas que estão sendo transformadas”, comemora.

ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA DO HMT

O Hospital Madre Teresa é um dos maiores centros de ortopedia do país, com relevante expressão na área de artroscopia das diversas articulações com experiência de quase 30 anos. Dr. Eduardo Frois conta que o HMT realiza cerca de 600 artroplastias de joelho e quadril por ano e atualmente a cirurgia robótica representa 18% da taxa total de cirurgias. O serviço possui especialistas em todas as áreas de atuação da ortopedia direcionada ao adulto.

TAVI – O Hospital Madre Teresa realiza Implante de Válvula Aórtica Percutânea (TAVI) utilizando sistemas inéditos no Brasil

O  Valve Team  dos serviços  de Cardiologia, Hemodinâmica – Cardiologia Intervencionista e Cirurgia Cardiovascular do Hospital Madre Teresa, realizou nesta quinta-feira, 27 de janeiro, um Implante de Válvula Aórtica Percutânea (TAVI) utilizando a mais moderna geração da válvula Acurate Neo2, da Boston Scientific,  com o sistema de Proteção Cerebral Sentinel. É a primeira vez que a válvula Acurate Neo 2 e o Sentinel foram utilizados no Brasil.

De acordo com o coordenador do serviço, Dr. Marcos Marino, a realização desse procedimento coloca mais uma vez o Hospital Madre Teresa a frente e reforça o know-how da equipe. “Essa válvula é utilizada na Europa, Ásia e, recentemente, foi aprovada pela ANVISA para a utilização no Brasil. Agora, somos pioneiros na utilização da Acurate Neo2 e do Sentinel com maestria”.

Esses sistemas proporcionam mais segurança aos pacientes, menor taxa de complicações e incidência de implante de marca-passo.

HOSPITAL MADRE TERESA ENTREGA CESTAS DE NATAL PARA COMUNIDADES ASSISTIDAS

As doações foram entregues as famílias atendidas pela Associação Cruz de Malta e Casa do Pequeno Cristo

A tradicional campanha de arrecadação de cestas básicas de Natal, promovida pelo Hospital Madre Teresa (HMT) em prol das famílias carentes da Associação Cruz de Malta e Casa do Pequeno Cristo, ambas assistidas pelo hospital, foi um sucesso.

Ao todo, foram 157 cestas distribuídas as duas comunidades na última quarta-feira, 29 de dezembro. A Diretoria do HMT agradece a todos os parceiros que colaboraram e levaram alegria à mesa de tantas famílias.

“Não somente no Natal, mas em todas as épocas do ano, é importante lembrar de uma das inúmeras missões que nossa Madre Teresa nos deixou: ajudar o próximo. Em tempos difíceis, desempenhar e fortalecer o espirito solidário traz esperança para muitas famílias carentes”, comenta a diretora geral, Irmã Sandra Zanotto.

HOSPITAL MADRE TERESA PROMOVE TREINAMENTO SOBRE A METODOLOGIA QMENTUM

O Hospital Madre Teresa (HMT) promoveu ontem, 22 de dezembro, um expressivo treinamento sobre a metodologia Qmentum aplicada a líderes e profissionais da instituição.

Ao longo de toda a programação, a Chief Operating Officer do Qmentum Global Alliance – QGA, Dra. Taissa Sotto Mayor, discorreu sobre como a utilização adequada dos padrões e ferramentas de avaliação do Qmentum podem contribuir para a melhora consistente da qualidade dos serviços oferecidos, facilitando a consolidação da cultura de segurança e construção de organizações de alta qualidade.

“A metodologia Qmentum é baseada na avaliação da qualidade dentro dos processos assistenciais. O resgate dos encontros presenciais será de fundamental importância para que consigamos aplicar a metodologia na íntegra, agregando assim mais valor às organizações. É uma particularidade da metodologia, trabalhar cada vez mais o envolvimento do paciente, ponto que ficou dificultado durante a pandemia. Esperamos conseguir, com esse retorno, entender melhor o novo contexto organizacional e, assim, contribuir de maneira mais assertiva”, explica.

Ela ressalta ainda que o cenário para 2022 é bastante favorável. “ A forma como as organizações responderam ao período de pandemia e a um cenário tão diferente do que já vivemos foi positivo. As organizações que já possuíam o processo de acreditação bem implementado, como é o caso do Hospital Madre Teresa, adaptaram-se de forma ainda mais célere as mudanças e saíram fortalecidos”, finaliza.